Supremo Condena quadrilha Petista mensaleira por 6 x 4

Supremo Condena quadrilha Petista mensaleira por 6 x 4
Estamos atualizando nosso cadastro de políticos que possuem sua fichinha mais suja que pau de galinheiro. Também disponibilizaremos a lista de quem falta mais às sessões e comissões, uso de verbas indenizatórias, doações e patrimônio dos políticos. Aguardem.

quarta-feira, 13 de maio de 2009

A BELEZA DO VOTO POR NECESSIDADE

Alguém já imaginou como seria viver em um Brasil em que os pobres e os analfabetos votassem em candidatos comprometidos em melhorar a qualidade de vida dos mais necessitados?
Aonde um pai de família desempregado votasse em um candidato que prometesse emprego ao invés de bolsa família e uma mãe escolhesse seu governante que lutaria por mais moradia, saúde, segurança e educação para seus filhos?
Esse não é o nosso Brasil.
Hoje escolhemos aquele vereador que de vez em quando paga uma luz atrasada, consegue marcar uma consulta no hospital. É aquele candidato que mais tem contato com os eleitores, conhece suas necessidades e se aproveita disso para arrancar votos de alguns miseráveis com um dinheirinho aqui, uma promessa de emprego ali, ou simplesmente um apertar de mão.
Os deputados são geralmente indicação dos vereadores, os puxa-saco dos prefeitos e/ou governadores e aqueles que tem mais dinheiro para estar sempre em evidência com propagandas, compra de matérias em jornais, revistas, sites e qualquer lugar que der para aparecer. Estão mais afastados do povão, mas em época de eleição, pode ter certeza que você vai vê-los mais que barata.
Os governadores são eleitos dependendo do montante que tem para investir em suas campanhas. Raramente o melhor é eleito, e quando ele é eleito vem o idiota do eleitor que o elege sem base de sustentação, ou seja, quatro anos de briga entre governo e oposição, renováveis por mais quatro. O imbecil do eleitor ainda não aprendeu a votar até hoje.
Já os senadores são eleitos por merecimento próprio (kkkkkkkkk), eles também são eleitos dependendo do quanto dispõem para investir em suas campanhas. Não tem o menor contato com os eleitores, são semi-deuses conhecidos somente através da TV ou do jornal. (TV é mais fácil, os eleitores não cultivam o hábito de ler jornais).
Já o presidente tem que ter uma história com a nação. Não adianta ele chegar do interior de qualquer buraco e chegar prometendo fazer e acontecer, acabar com os marajás, criar uma nova moeda, ter sido um trabalhador braçal, pobre, quase um analfabeto. Esse tipo de gente não é eleita assim não.
AH, fala a verdade, eles foram eleitos sim, talvez mais por falta de opção, como deverá ser nossas futuras eleições.
Partidos sem candidatos expressivos, sem planos de governo, sem projetos de melhoria de vida da população e eleitores que fazem carreata, levam bandeiras, discutem com outros eleitores defendendo seus candidatos e sempre acreditando que o Brasil vai melhorar.
Uma melhora já está acontecendo, já temos um economia relativamente estável, mas ainda temos uma saúde falida, segurança capenga, educação fraca e população com poucas expectativas de melhora em suas vidas.
Quem sabe um dia votaremos nestes candidatos, não por medo de perder uma bolsa qualquer coisa, um vale gás ou um ticket do leite.
Votaremos por convicção, por acreditar em projetos e principalmente por acreditarmos em sua palavra.

Nenhum comentário:

SIGAM O ELEGENDO