Supremo Condena quadrilha Petista mensaleira por 6 x 4

Supremo Condena quadrilha Petista mensaleira por 6 x 4
Estamos atualizando nosso cadastro de políticos que possuem sua fichinha mais suja que pau de galinheiro. Também disponibilizaremos a lista de quem falta mais às sessões e comissões, uso de verbas indenizatórias, doações e patrimônio dos políticos. Aguardem.

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

VOCÊ DECIDE - SENADOR EDUARDO AZEREDO

Do Transparência Brasil

Eduardo Azeredo (PSDB-MG)
Senado Federal/BR

Nome de batismo:
Eduardo Brandão de Azeredo

CPF: 006.534.466-91

Período: 2003-2011

Cargos relevantes: Vice-prefeito (1989-1990, PSDB-MG) e prefeito de Belo Horizonte (1990-1992, PSDB-MG). Governador (1995-1998, PSDB-MG).

Outros dados relevantes: Formado em engenharia. Foi indiciado pelo relatório final da CPMI dos Correios. Detém concessão de radiodifusão em Santo Antônio do Monte (MG).

Histórico de filiações partidárias: PSDB.

e-mail: eduardoazeredo@senador.gov.br

Eleito(a) pelo PSDB.


STF Inquérito Nº2280/2005 - Consta como denunciado em inquérito que investiga o uso de caixa 2 durante as eleições de 1998, caso conhecido como "mensalão tucano".

Deu no Jornal

Teria utilizado recursos de caixa 2 durante sua campanha à reeleição ao governo mineiro em 1998. O esquema de arrecadação irregular seria organizado por Marcos Valério, publicitário indiciado como o pivô do escândalo do "mensalão", ocorrido em 2005. (O Estado de S. Paulo, 26.out.2005; Folha de S. Paulo, 12.jan.2006; O Globo, 30.mar.2006; Folha de São Paulo, 15.mar.2007).

Denunciado pelo Procurador-Geral da República ao Supremo Tribunal Federal (STF) por peculato e lavagem de dinheiro no caso do chamado mensalão tucano em Minas Gerais (O Estado do Paraná, 22.nov.2007; O Estado de S. Paulo, 23.nov.2007).

Nenhum comentário:

SIGAM O ELEGENDO