Supremo Condena quadrilha Petista mensaleira por 6 x 4

Supremo Condena quadrilha Petista mensaleira por 6 x 4
Estamos atualizando nosso cadastro de políticos que possuem sua fichinha mais suja que pau de galinheiro. Também disponibilizaremos a lista de quem falta mais às sessões e comissões, uso de verbas indenizatórias, doações e patrimônio dos políticos. Aguardem.

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

VOCÊ DECIDE

Do Transparência Brasil

Geraldo Simões (PT-BA)
Câmara dos Deputados/BR

Nome de batismo:
Geraldo Simões de Oliveira

CPF: 109.350.885-04

Cargos relevantes: Deputado estadual por três legislaturas (1987-1991/1991-1993, PT-BA). Prefeito de Itabuna por dois mandatos (1993-1997/2001-2005, PT-BA). Deputado federal (1999-2001, PT-BA). Presidente da Companhia Docas da Bahia (Codeba) (2005-2006). Secretário estadual de Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária (2007-2008).

Outros dados relevantes: Formado em administração de empresas. Em 2004 foi candidato a prefeito de Itabuna.

Histórico de filiações partidárias: PT, 1981-.

e-mail: dep.geraldosimoes@camara.gov.br

Votos recebidos na última eleição: 88.796

Eleito(a) pelo PT.


STF Ação Penal Nº471/2007 - É réu em ação por suposta captação ilícita de votos.

STF Inquérito Nº2707/2008 - Indiciado por crimes praticados por funcionários públicos contra a administração em geral, emprego irregular de verbas ou rendas públicas e crimes de responsabilidade.

STF Inquérito Nº2759 - Indiciado por crimes de responsabilidade (sob segredo de justiça)

STF Inquérito Nº2719 - Indiciado por crimes de responsabilidade (sob segredo de justiça)

TCU Acórdão 1644/2004 - Condenado a ressarcir aos cofres públicos R$ 50.000,00 e a pagar multa de R$ 7.500,00 por irregularidades em convênio firmando entre o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação e a cidade de Itabuna, quando foi prefeito.

TCU Acórdão Nº2109/2003 - Condenado a ressarcir aos cofres públicos R$ 332.880,84 e a pagar multa de R$ 30.000,00 por irregularidades em convênio firmando entre o Fundo Nacional de Saúde e a cidade de Itabuna, quando seu prefeito.

TCU Acórdão 2519/2007 - Multado em R$ 2.500,00 por irregularidades em licitação quando presidente da Companhia Docas do Estado da Bahia.

Nenhum comentário:

SIGAM O ELEGENDO