Supremo Condena quadrilha Petista mensaleira por 6 x 4

Supremo Condena quadrilha Petista mensaleira por 6 x 4
Estamos atualizando nosso cadastro de políticos que possuem sua fichinha mais suja que pau de galinheiro. Também disponibilizaremos a lista de quem falta mais às sessões e comissões, uso de verbas indenizatórias, doações e patrimônio dos políticos. Aguardem.

terça-feira, 27 de outubro de 2009

VOCÊ DECIDE - SERYS SLHESSARENKO

Do Transparência Brasil

Serys Slhessarenko (PT-MT)
Senado Federal/BR

Nome de batismo:
Serys Marly Slhessarenko

CPF: 437.907.207-04

Período: 2003-2011

Cargo anterior:
Deputada estadual (PT-MT)

Cargos relevantes: Secretária municipal de Educação de Cuiabá (1986-1987). Secretária estadual de Educação (1987-1988). Deputada estadual por três legislaturas (1991-1995/1995-1999/1999-2003, PT-MT).

Outros dados relevantes: Formada em pedagogia e direito. Foi candidata a governadora em 2006 pelo PT.

Histórico de filiações partidárias: PT.

e-mail: serys@senadora.gov.br

Eleito(a) pelo PT.


Deu no Jornal

O Ministério Público do Mato Grosso do Sul, que investiga desvios de recursos no governo de Zeca do PT, encaminhou à Procuradoria Geral da República suspeita de que a senadora Serys Slhessarenko teria recebido parte desse dinheiro em financiamento à sua campanha ao governo do Mato Grosso (O Estado de S. Paulo, 10.nov.2007).

Teria sido beneficiado por atos secretos editados pelo Senado entre 1995 e 2009 (O Estado de S. Paulo, 23.jun.2009).

O relatório da CPMI dos Sanguessugas dá conta de que existem indícios do envolvimento deste parlamentar com as irregularidades investigadas no âmbito do escândalo da Máfia das Ambulâncias (O Estado de S.Paulo, 10.ago.2006, Folha de S. Paulo, 11.ago.2006, Gazeta (AC) - Folhapress, 11.ago.2006).

Leia aqui o relatório parcial da CPMI dos Sanguessugas e seus anexos.

Nenhum comentário:

SIGAM O ELEGENDO