Supremo Condena quadrilha Petista mensaleira por 6 x 4

Supremo Condena quadrilha Petista mensaleira por 6 x 4
Estamos atualizando nosso cadastro de políticos que possuem sua fichinha mais suja que pau de galinheiro. Também disponibilizaremos a lista de quem falta mais às sessões e comissões, uso de verbas indenizatórias, doações e patrimônio dos políticos. Aguardem.

domingo, 26 de setembro de 2010

DE NOVO, ALGUM FACA CEGA TENTA CENSURAR NOSSA IMPRENSA

Juiz do TO censura 'Estado' em caso de corrupção

Decisão proíbe divulgação de qualquer informação sobre investigação que cita governador como integrante de organização criminosa

Fausto Macedo e Bruno Tavares, de O Estado de S.Paulo

O desembargador Liberato Póvoa, do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO), decretou censura ao jornal O Estado de S. Paulo e a outros 83 veículos de imprensa, proibindo-os liminarmente de divulgar qualquer informação acerca de investigação do Ministério Público de São Paulo que cita o governador Carlos Gaguim (PMDB) como integrante de organização criminosa para fraudes em licitações.

A decisão, de 9 páginas, foi tomada sexta-feira, 24, e acolhe pedido em ação de investigação judicial eleitoral da coligação Força do Povo, formada por 11 partidos, inclusive o PT, que apoia Gaguim. Na campanha pela reeleição, Gaguim tem recebido no palanque a companhia do presidente Lula e da ex-ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff.

O desembargador arbitrou "para o caso de descumprimento desta decisão", multa diária no valor de R$ 10 mil. Ele veta, ainda, publicação de dados sobre o lobista Maurício Manduca. Aliado e amigo do governador, Manduca está preso há 10 dias. A censura atinge 8 jornais, 11 emissoras de TV, 5 sites, 40 rádios comunitárias e 20 comerciais.

Leia mais em Juiz do TO censura 'Estado' em caso de corrupção que cita governador

Nenhum comentário:

SIGAM O ELEGENDO